RENOVA QUER ACELERAR CONSTRUÇÃO DE BARRAGEM

A Fundação Renova pretende construir a barragem do Eixo 1, dentro do Complexo de
Germano da mineradora Samarco, rapidamente, segundo fontes consultadas pelo
Notícias de Mineração Brasil (NMB). E, para isso, pretende usar um regime de trabalho
inusitado para obras civis, com jornada de trabalho de 3x2x2x3, ou seja, com três dias
de trabalho por dois dias de folga e dois dias de trabalho por três dias de folga
A meta é que essa estrutura esteja pronta até o fim de 2019, mas ainda este
ano deverá atingir a altura, ou cota, mínima prevista.
Segundo uma das fontes, que pediu para não ser identificada, serão quatro
turnos de trabalho funcionando 24 horas por dia, sete dias por semana. De acordo com
as novas regras trabalhistas, os trabalhadores nesse regime de trabalho não terão
direito ao pagamento de horas extras.
“Esse regime de trabalho é muito usado no exterior em plataformas [de
exploração de petróleo] e trabalhos em locais remotos”, diz o engenheiro de segurança,
Antônio Carlos Vendrame, especialista no assunto. Para eles, esses regimes de trabalho
devem se tornar cada vez mais comuns no Brasil.
O engenheiro, que é diretor da Vendrame Consultores, usa como exemplo
uma mina subterrânea a, por exemplo, 800 metros de profundidade em que o
trabalhador tem que passar por um longo processo até chegar à frente de lavra. Em
situações como essas, é preciso um regime de trabalho diferenciado.
Obra
Em seu website, a Fundação Renova disse, em novembro, que os serviços de
limpeza obrigatória do local onde será construída a barragem do Eixo 1, próximo à antiga
localização da barragem de Fundão, estavam concluídos.
“Essa etapa é muito importante, pois permite o início da construção da nova
barragem, previsto para maio de 2018. Da mesma forma, foi iniciada a mobilização dos
serviços de fornecimento e transporte dos agregados necessários à construção da nova
estrutura e a realização de workshop e visita técnica com as proponentes para
apresentação da obra. Em novembro, também começaram a ser executadas as obras
das balanças rodoviárias nas portarias de Santarém e Germano”.
Fonte: Notícias de Mineração
Data: 31/01/2018

Deixe um comentário

Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram