EXPORTAÇÃO BRASILEIRA DE MANGANÊS CRESCE 33% EM 2017

Além do maior volume exportado de minério de manganês e seus
concentrados, o país obteve também uma maior receita com os embarques da
commodity. Nos 12 meses do ano passado, a exportação do minério rendeu uma receita
de US$ 365,6 milhões, crescimento de 81,2% em comparação com a receita de 2016,
US$ 201,8 milhões.
A maior receita no ano passado pode ser explicada devido ao maior preço
médio da tonelada da commodity em 2017. No ano passado, o preço médio da tonelada
do manganês foi de aproximadamente US$ 136, enquanto que em 2016 o valor era de
US$ 100,3.
O principal canal de saída do manganês produzido no Brasil no ano passado
foi o porto de São Luís, no Maranhão, responsável por embarcar mais de 1,4 milhão de
toneladas de manganês, ou 53,6% do total. O porto de Corumbá, em Mato Grosso do
Sul, foi o segundo que mais exportou manganês, com 641 mil toneladas, seguido pelo
de Barcarena, no Pará, com 522 mil toneladas do minério. No Brasil, mineradoras como
a Maxtech, Meridian e Vale produzem manganês.
A China é o país que mais importou o manganês produzido no Brasil, 1,8
milhão de toneladas, ou 68% do total. O Uruguai, com 322 mil toneladas, e a Argentina,
com 319 mil toneladas, são o segundo e terceiro países que mais importaram a
commodity.
Dezembro
Somente no mês passado o país exportou 313 mil toneladas de manganês,
com uma receita de US$ 45,9 milhões. Em dezembro de 2016, o Brasil havia exportado
228,3 mil toneladas do minério, com uma receita de US$ 49,5 milhões.
Fonte: Notícias de Mineração
Data: 10/01/2018

Deixe um comentário

Visit Us On FacebookVisit Us On Instagram